O que é o Método de Ovulação Billings?

Desenvolvido por Jonh e Evelyn Billings na década de 50, este método é fácil de usar e se baseia exclusivamente nas mudanças que são observadas pela mulher em seu corpo ao longo do ciclo menstrual.
O método de ovulação Billings (MOB) é um método natural de planejamento familiar, que permite aos casais conhecer sua fertilidade de forma natural, sem o uso de dispositivos, e consciente de seu estado de fertilidade e / ou infertilidade podem planejar qual o melhor momento para manterem relações sexuais com o objetivo de conseguir ou espaçar uma gravidez.

É um método muito simples, que qualquer mulher é capaz de aprender desde que seja acompanhada por um instrutor devidamente treinado. Mais do que conseguir ou adiar uma gravidez o MOB promove o autoconhecimento da mulher e consequentemente a possibilidade de monitorar sua saúde reprodutiva.

Por que a Igreja Católica recomenda o uso do Método de Ovulação Billings para o planejamento familiar?

Existe um documento, que é importante citar quando se fala dos métodos naturais: a Encíclica do Papa Paulo VI, de 1968 (ainda muito atual), que se chama Humanae Vitae(“Da vida humana”). Nele, o Sumo Pontífice fala sobre a regulação da natalidade, porque a Igreja vê os casais livres e responsáveis com a criação. Nesse documento, a Igreja olha o homem de forma global, não vê a pessoa humana apenas fisiologicamente, mas também emocional e espiritualmente.

Naquela época, a Igreja reuniu cientistas, pessoas que entendem dessa área e casais para analisar a questão da regulação da natalidade. É aí que entra a história dos métodos naturais, porque eles são o melhor caminho, pois os casais vão se utilizar da própria fisiologia – sem interferência de nada artificial – para poder planejar a sua família levando em conta essa visão global do homem.

Benefícios do MOB

✅ Um método científico, eficaz e simples de reconhecimento da fertilidade.

✅ Aumenta o conhecimento, o entendimento e o respeito frente a fertilidade

✅ Pode ser utilizado em qualquer fase da vida reprodutiva do casal

✅ Ajuda a descobrir a ternura e a afetividade que fazem parte da sexualidade

✅ Pode ser aprendido por pessoas de qualquer grau de instrução

✅ Moralmente aceito em todas as religiões / culturas.

✅ Propõe a responsabilidade compartilhada entre homem e mulher.

✅ Respeita o outro na sua totalidade

✅ Não causa danos (efeitos colaterais em um dos conjuges ou danos ambientais).

✅ Não tem custos

✅ Desenvolve uma melhor comunicação e a relação entre o casal.

“Pela sua estrutura íntima, o ato conjugal, ao mesmo tempo que une profundamente os esposos, torna-os aptos para a geração de novas vidas, segundo leis inscritas no próprio ser do homem e da mulher. Salvaguardando esses dois aspectos essenciais, unitivo e procriador, o ato conjugal conserva integralmente o sentido de amor mútuo e verdadeiro e a sua ordenação para a altíssima vocação do homem para a paternidade” (Humane Vitae, 12).

O MOB é um estilo de vida !
E aí, vamos viver essa experiência?!

Fonte:
https://www.cenplafam.com.br/mob

Por que a Igreja recomenda o uso do Método de Ovulação Billings

https://w2.vatican.va/content/paul-vi/pt/encyclicals/documents/hf_p-vi_enc_25071968_humanae-vitae.html